Conheça detalhes sobre os equipamentos que todo motoqueiro deve usar!

Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone

 

Quando falamos de motos, a segurança vem em primeiro lugar. Não basta ligar o veículo e sair pilotando, sem tomar os devidos cuidados. Existe uma série de equipamentos que são de uso obrigatório, mas alguns outros que tem o seu uso recomendado, para amenizar possíveis impactos em quedas ou acidentes.

Por isso, é indispensável seguir algumas regras de segurança para proteger um pouco mais o corpo do motociclista, já que, como bem sabemos, o para-choque da motocicleta é o peito do piloto. Qualquer pequeno acidente pode ter consequências graves, por isso, todo cuidado é pouco, não se pode correr riscos quando o assunto é trafegar com uma motocicleta.

Portanto, separamos uma lista de equipamentos e acessórios que os motociclistas devem usar sempre. Vamos detalhar as suas funcionalidades e os modelos mais indicados para cada tipo de uso. Confira este post e entenda mais sobre o assunto!

 

O capacete é de uso obrigatório

Esse item merece sua especial atenção, não só porque ele é de uso obrigatório, mas porque precisa ser de boa qualidade. Não adianta apenas colocar um capacete qualquer na cabeça para evitar as multas, é preciso lembrar, que em caso de queda ou acidente, ele fará a diferença na hora de salvar a sua vida.

Muito anúncios de motos à venda, as lojas sempre dão como “brinde” um capacete. Com certeza esse equipamento não será dos piores, mas nem de longe será um dos melhores. Por isso, analise bem a possibilidade de adquirir um capacete de qualidade, que seja testado e aprovado pelo INMETRO.

São vários os estilos que estão disponíveis para os clientes, com formato tubarão, a frente móvel, os tradicionais, mas um modelo específico é proibido e não deve ser utilizado nunca, o “coquinho”. Esse capacete não protege o rosto e a parte lateral da cabeça, por isso não tem homologação do INMETRO e o piloto ainda pode ser multado em R$ 195,23 com a perda de 5 pontos na carteira.

 

As roupas também protegem

Depois de proteger o rosto, o corpo não pode ficar de fora. Não é obrigatório o uso de roupas específicas para pilotar uma motocicleta. No entanto, calças e jaquetas específicas para esse fim podem ajudar na prevenção de lesões em caso de quedas ou acidentes.

O asfalto é abrasivo e em caso de queda pode causar queimaduras nos ocupantes da moto. Alguns modelos também são impermeáveis e protegem os pilotos da chuva. Existem modelos ventilados que são indicados para o verão, já que essas roupas parecem capas protetoras e aumentam a temperatura corporal dos usuários.

O uso das jaquetas protetoras é essencial, seja no verão ou no inverno, além de proteger o piloto nas quedas, esse equipamento também diminui o atrito do corpo do motociclista com objetos que podem cair sobre ele. Pedras, fios, poeira, tudo isso bate direto no piloto, uma vez que ele está totalmente desprotegido ao pilotar a sua motocicleta. Diferente do carro, em que os ocupantes estão salvaguardados dentro do veículo, o corpo do motociclista absorve todo o impacto.

As capas de chuva também entram nessa categoria, já que são equipamentos preparados para proteger os pilotos nessas condições climáticas. Procure sempre utilizar capas que tenham refletores de luz, já quem em dias nublados e de baixa visibilidade, os motoristas podem ter mais dificuldades de enxergar os motociclistas, aumentando os riscos de acidente.

 

Os calçados protegem nas quedas

Nunca pilote uma motocicleta usando chinelos! Não importa se são motos usadas, esportivas, de baixa cilindrada, os chinelos são uma verdadeira cilada. Além de não proteger os pés, eles também podem ser causadores de acidentes, já que atrapalham e podem enroscar na hora da frenagem e trocas de marcha.

Os pés e os tornozelos são regiões que ficam mais vulneráveis quando você está em um moto. Você não precisa nem sofrer uma queda para ter lesões nessas regiões, basta uma encostada em um carro ou pisar errado na hora de descer do veículo que você pode ter problemas.

As botas ou tênis que ficam acima do tornozelo são os mais indicados para uso durante a pilotagem. Elas permitem mais estabilidade na troca de marchas e frenagem, além de proteger os membros inferiores do piloto. Lembre-se que, assim como o capacete, o calçado precisa estar amarrado e fechado para que você obtenha mais segurança durante a pilotagem.

 

Proteja as mãos

Não pense que as luvas são essenciais somente no frio, elas protegem as mãos a todo momento. É normal que o uso desse equipamento diminua a sensibilidade em um primeiro momento, mas depois que o piloto acostuma, via de regra ele não deixa mais de usar as luvas.

Em caso de queda, esse acessório protege as mãos e os dedos que tem contato direto com o asfalto e ficam bastante machucados. Apesar de não ser de uso obrigatório, esse acessório tem a sua utilização recomendada para a proteção do piloto.

 

Pescoceira e balaclava

Muitas balaclavas são decorativas e os motociclistas mais estilosos não deixam de usa-la. Porém, a pescoceira ou mesmo a balaclava (ambas têm a mesma função), são de uso essencial, apesar de não ser obrigatório.

Para muitos, a função essencial desse acessório é proteger o piloto contra o vento. Porém, com os crescentes índices de casos de motociclistas feridos com os fios e com as pipas com cerol, esse equipamento é uma proteção extra para evitar acidentes.

Além de utilizar os equipamentos de segurança obrigatórios, dê uma atenção especial aos acessórios que vão compor o kit da sua motocicleta. Todos cuidam no trânsito para que nada aconteça, porém nem sempre é possível evitar os acidentes, por isso, vale mais a pena estar preparado para essas eventualidades.

Gostou deste texto sobre os equipamentos que todo motoqueiro deve utilizar? Então que tal aproveitar a sua visita em nosso blog para compartilhar este post com os seus amigos usando as suas redes sociais! Afinal, todo motociclista precisa saber quais são as funcionalidades dos equipamentos de segurança da sua categoria.

 

Créditos da imagem: Pixabay.com

Compartilhe:Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0Email this to someone